quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

Dicas de Saúde

Olá amigos.
Já estava sentindo falta de postar aqui no blog. Ocorre que a rotina profissional tem consumido um belo tempo do meu dia. Não tenho treinado nada e isso aliado ao fato de eu não possuir computador em casa, é um agravante para a escassez dos relatos. Gostaria de agradecer a preocupação de alguns camaradas virtuais que perguntavam do meu sumiço: - Estou aqui ! Na correria... (não na correria que gostaria, mas enfim...rs).
Como não tenho relatos de corridas/treinos, vou continuar com as dicas de saúde e numa coincidência daquelas, o tema de hoje é "stresse". Parece que o tema é em homenagem a um tal de "corretor corredor" que anda trabalhando muito e não treinando nada.
Bom; Então vou ler e convido à todos também.

A atividade física no combate ao stresse.

O estresse é, cada vez mais, uma consequência incômoda e frequente da chamada vida moderna. Os permanentes desafios enfrentados no trabalho, os engafarramentos que afetam principalmente as grandes Cidades, a violência urbana e a involuntária negligência em relação aos hábitos saudáveis-como se alimentar e dormir adequadamente- são alguns dos fatores que contribuem para que o estresse afete um número cada vez maior de pessoas.

O estresse em um nível elevado produz efeitos pessoais e profissionais nocivos. Diversas pesquisas indicam que, quando excessivo, pode levar a dificuldade de concentração, cansaço mental, indiferença emocional, agressividade, incapacidade de relaxar, perda de memória imediata e apatia.

Além dessas alterações, pode prejudicar a criatividade e produtividade, provocar crises de ansiedade, mal humor, diminuição da libido e problemas de ordem física, afetando o sistema imunológico e prejudicando o bom funcionamento das defesas do corpo.

A prática regular de atividade física é hoje uma das maneiras mais eficazes e divulgadas de combater o estresse. Diversos estudos científicos comprovam os benefícios para o organismo proporcionados pela prática rotineira de exercícios. Entre eles, auxilia a reduzir os níveis de ansiedade e de depressão, melhora o estado de humor, aumenta a sensação de bem estar e eleva a auto estima.

Correr ou caminhar habitualmente, além de ajudar as pessoas a se desligarem por algum tempo das preocupações e angústias de seu cotidiano, produz uma série de benefícios psicofisiológicos por meio da liberação de certos hormônios produzidos pelo organismo. A adrenalina (epinefrina) age na redução do estresse, o cortisol atua como antiinflamatório, o glucagon aumenta a quantidade de glicose no fígado, o GH (hormônio do crescimento) transmite bem estar e a endorfina produz a sensação de prazer e melhora a qualidade do sono.

Faça exercícios. É ótimo para o corpo e também para a mente.

=============================

O conteúdo foi elaborado pelas equipes médicas e multiprofissionais do HCor-Hospital do Coração.

============================

6 comentários:

Carlos Lopes disse...

parabéns pelo post... magnifico tema

Ricardo Hoffmann disse...

Belo post Maurão!! Tava fazendo falta. Tb estou nessa escassez de treinos. Mas vai mudar! Abração

Fábio Namiuti disse...

Demorou pra voltar, mas voltou com um ótimo texto, hein, meu amigo Maurão ? É um assunto do interesse geral, acho que praticamente não tem quem não use, de uma forma ou de outra, a atividade física também como válvula de escape. Pra mim é que nem naquele joguinho "The Sims", a hora de recarregar a barrinha da felicidade.

Vê se dá um jeito de recarregar sua também, camarada !

Abraço !

Maurão disse...

Carlos Lopes;
Muito Obrigado. Abraço.
==========================
Fala Hoffmann;
Mas nesse final de semana eu volto aos treinos (sem falta).
Valeu Brother.
==========================
E aí Namiuti;
Pois é; também necessito fazer alguma atividade para "botar para fora" a minha rotina que ultimamente anda muito estressante.
Abraço meu camarada.

Mayumi disse...

No stress! No stress! É isto, Mauro! Vamos dosar a quantidade de trabalho! Rsrsrs. Como se isto fosse possível, não? Falar é fácil, né? Bons treinos!

Maurão disse...

Mayumi;

No meu caso estou tendo dose cavalares de trabalho...rs.
Abraço.